O processo judicial no Tribunal Civil de Roma

A terceira possibilidade é o processo realizado junto ao Tribunal Civil de Roma. Sendo cabível em 2 casos:

1. OBRIGATORIAMENTE, quando se enquadra na Lei de 1948 com relação à transmissão por descendência materna.

2. OPCIONAL, quando linha paterna, nesse caso, é um processo que poderia ser realizado na esfera administrativa, entretanto, esta possibilidade de ser ajuizado perante o Tribunal surge pelo descumprimento dos Consulados com relação ao prazo máximo que deveriam realizar os processos, que é de 730 dias. Como se trata de um descumprimento notório e reconhecido pelos próprios consulados, abriu-se este precedente pela justiça italiana.

Esta terceira via cada vez mais é procurada, pelo curto tempo de tramitação e a não necessidade de estar residente na Itália, pois, como se trata de um processo judicial, tudo é representado por advogado devidamente outorgado por procuração.

Vistas estas 3 possibilidades de caminhos para seu o processo (caso não tenha visto as duas outras possibilidades não deixa de dar uma olhada nos 2 posts anteriores), a pergunta é: Existe um caminho melhor? A resposta é Não! O melhor caminho será aquele que atende e se adeque às SUAS necessidades e expectativas!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *